quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Brasil: seus ânus quero ver passar

Vagabundeando no colo do nada
vamos vagabundear!!
na faculdade, lugar de vagabundeação
vagabundeia a patricinha, vagabundeia o cuzão

Poesia de todo dia em ação
ação do dia de um cidadão
cidadão brasileiro por que não?
que não lê livros, na farmácia compra sua recreação

Toma um lexotan pra relaxar
mastiga, peida, na hora do jantar
janta cocô pra variar e
come farinha na hora de ninar

Acha que é americano
houve beyoncé cantando no embromation
como se no centro da cidade maçã ( da apple nation) estivesse
tanto é verdade como essa rima

Eis o grito do vagabundo!!
aquele que pede e implora o mundo de uma só vez
pra todos os colonos e defuntos que morreram
mortes causadas por vários burguês!

Estadunidense é cheio de orgulho
suas inteligênça quebru us muro des vergonha

Burgueses que me fizeram analfabeto
perdi o chão e nasci sem teto

e o foda do país é a maconha (?!)

fodi com pobre, feijão meu prato predileto
prazer meu nome é Lisberto

Comi a língua do meu filho no almoço
o seu cérebro era caroço
amputei uma perna e quebrei o pescoço
prazer meu nome é moço

moço brasileiro
moço do Brasil
moço, isso mesmo
você, por favor, vai pra puta que te pariu

já matei um, já matei mil
prazer meu nome é jeremias
já morri um, já morri mil
prazer o meu nome é Brasil

Ah!! Mas nossas línguas são mais línguas!!
E nossas terras mais palmeiras!!
é... mas nossos anos são mais ânus!!
e nossas filhas são umas crackeiras!!!

Ah!! Mas nossos cus são mais cus!!
E nossas pirocas muitos mais piroqueiras!!
E nossos bosques tem mais virgens
e dessas virgens nenhuma não deu pela vez primeira!

Ah!! Mas Brasil é pra vida inteira!
E Swing se fuma de piteira!!

Ah!! Mas nossas terras têm mais safadas, e as safadas daqui também comem caviar
Sim, as piranhas daqui cobram como as de lá

Minha terra tem mais nuvens, mais fruteiras, mais fiados
Ah que saudade da minha terra!
As dores daqui não são como as de lá!
E aqui não tem suco de maracujá!

7 comentários:

flaviadoria disse...

HAUHAIUHAIUHAIUHAIUHAIUHAIUHAIHAIUH

É isso ae, cara! Poesia nossa de cada dia. Lindo, lindo , lindo!!!
Gostaria de selecionar a estrofe de minha preferência:

"
Ah!! Mas nossas línguas são mais línguas!!
E nossas terras mais palmeiras!!
é... mas nossos anos são mais ânus!!
e nossas filhas são umas crackeiras!!!"

Taiyo Omura disse...

AAAAAAAAAHOSCHHWEUHUHWOEHUCOWHUUAHUUHUHAUUUUUUUUUUHUAHUAHAHUHAUAOUOHOSUOCHUOUHUHUHAUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!

EU QUERO CANTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAARRRRR!!!!!!

EU TE AMO !!!!

EU ME AMO!!!

EU MAMO NO SEIO DA MÃE POESIA!!!
!!!!!!!!!

TU É POETA PORQUE MAMA!!!!!!

Rafael disse...

aHuaHuahaUhaUahhauaHuaHuah
ISSO
VAI,
FODE

FODE O CU DO BRASIL
FODE O NOSSO CU
COM POESIA
ENFIA TUDO LA DENTRO

Vital disse...

simplesmente sagaz velho.

paguei pau.

Edu disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Porra queria ter escrito esse!

Muito bom!

Luiza Schiavo disse...

sei que não é o melhor comentário que se possa fazer, mas meu pai chorou de rir com esse aqui hahahaha

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, Álvaro.

Aqui, conhecendo o seu espaço. Tudo muito bonito por aqui.

Encantei-me com este poema... rs
MUITO BOM!
Parabéns pela criatividade!

Sigo-te!
Beijos