quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Cotidiano ilustrado

    "Com o aumento da piranhagem nas ruas do Rio de Janeiro, muitos jovens começam a ficar excitados em situações constragedoras como: comprar batatas, comer sorvete e embalar brinquedos. Cotidianamente, o cu anda cada vez mais cobiçado nas avenidas cariocas, e nas praias onde o que se vê é um caos generalizado de lordoses, e bundas gordas: um verdadeiro Freak show: um verdadeiro encontro dos profissionais do circo"

   Rafael, ao acabar de ler a notícia acima, pensa consigo mesmo: Será que o aumento da piranhagem produz preguiça nas mulheres?! Ou será que a genética é a causa do Freak show tropical?! E como elas lidam com os membros excitados pelas ruas?!

   Após essa série de perguntas, se entretem em uma sequência muito racional de conclusões: 


   Os jovens ficam excitados enquanto comem sorvetes: sorvete sendo chupado lembra boquete, logo olhar os cus e ficar excitado enquanto se chupa o sorvete ( se paga o boquete ), é algo gay: Primeira conclusão.

   Segunda conclusão: Sorvete existe muito na praia, e como as pessoas associaram sorvete a homossexualismo masculino, só as mulheres e os gays compram sorvete, fazendo com que todas as mulheres e gays fiquem gordos, explicando o grande número de bundas flácidas na praia, já que sorvete é rico em gordura trans.

   

   Após ter essa série de raciocínios totalmente baseados em lógica científica, Rafael vai à praia. Lá caminhando percebe que existem mulheres magras feias, magras gostosas feias, magras gostosas bonitas,  e gordas gostosas bonitas, gays saudáveis, etc... enfim! Ele percebeu finalmente que o mundo não é tão lógico assim...

4 comentários:

Vital disse...

e quando estou chapado lembro que a vida pode ser boa.

Edu disse...

Nada como morar em cidade de praia para ficar excitado todos os dias.

Rafael disse...

AHAUHAuAHAUIhAUihAuAHAU
Eu senti que isso foi uma crítica a alguém.

flaviadoria disse...

As praias andam vazias.
Eu como sorvete e sou magra.
E Ai do Rafael se andar dizendo por aí que a minha bunda é gorda.