quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Re(flexão)gresso

Pensava que se perdesse tinha que andar de cabeça pro chão.

Perdeu. Sua cabeça olhava pro chão.

Até que um dia descobriu que podia perder.

Perdeu. E sua cabeça se manteve na mesma altura da cabeça das pessoas de sua altura da mesma calçada.

Regressão.

5 comentários:

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, Álvaro!

Muito legal o seu texto... bastante reflexivo!

Beijos

Vital disse...

às vezes achava uma moeda ou um beck de cabeça baixa,

acho que quem perdia tava olhando pra cima ou pro lado.

mui bueno.

Edu disse...

Putz cara!

Ser adulto faz vc baixar a cabeça quando não vence, mas uma criança não tem essa preocupação.

Se vc regride, lembra de ser criança e esquece o lance de baixar a cabeça, fica de boa!

Mto bom!

lu disse...

e quando baixei a cabeça por menor que tenha sido o tempo, percebi que aquele segundo eu não vivi como poderia, me regredi a ser o que então?

MAILSON FURTADO disse...

Belo post, belo espaço!

Parabéns, muito bom mesmo!!!

Conheça o meu espaço...
http://mailsonfurtado.blogspot.com